Montanha- Russa

Eu sempre falo que a vida da gente é uma montanha-russa.

Acho que ninguém pode dizer que não é isso.

Mas o detalhe dessa montanha-russa é que a gente pode se divertir no trajeto todo, tanto na subida como na descida.

É difícil se manter feliz e se divertir quando estamos no baixo, por baixo.

Mas a gente não pode esquecer que passa.

Tudo passa.

E depois que passa, corremos atrás do prejuízo.

Toda recuperação de uma baixa é lenta como a subida do carrinho na montanha-russa.

Aceitar a vida é aceitar esse sobe e desce constante.

Ou seja, vamos relaxar nesses movimentos. E compreende-los é passar mais sossegadamente pela vida. O stress diminui se não opomos resistência.