Amores Passados

Amores Passados

Como tentar explicarQue já nos encontramosQue em outras vidas nos amamosE que o mundo teima em nos separar
Será que vais acreditarSe eu disser para tiQue várias vidas já vivemosPosso até te fazer lembrar
Numa dessas vidas, Eras velho, eu muito novaPor mais que eu tentasseNão acreditou que te amava
Numa outra, Eu vim negra como a noiteE o preconceito nem deixouEu dizer que te gostava
Já fui rica,E então vieste pobreE a diferença socialNem deu chance pra este amor ser real
Mas de todas essas vidasA que eu lembro com carinhoFoi aquela que vieste peregrinoE eu um passarinho
Desta vez te acompanheiFiquei sempre do teu ladoPena que não entendesteO que dizia meu trinado
E agora mais uma vezEstou nascendo,Acredito que o destinoOu talvez um ser divino
Acabe por decidir,Que chegou enfim a nossa horaE que é nessa vidaQue começa agoraQue nós vamos nos amar.

Amores Passados

Que em outras vidas nos amamosE que o mundo teima em nos separar
Será que vais acreditarSe eu disser para tiQue várias vidas já vivemosPosso até te fazer lembrar
Numa dessas vidas, Eras velho, eu muito novaPor mais que eu tentasseNão acreditou que te amava
Numa outra, Eu vim negra como a noiteE o preconceito nem deixouEu dizer que te gostava
Já fui rica,E então vieste pobreE a diferença socialNem deu chance pra este amor ser real
Mas de todas essas vidasA que eu lembro com carinhoFoi aquela que vieste peregrinoE eu um passarinho
Desta vez te acompanheiFiquei sempre do teu ladoPena que não entendesteO que dizia meu trinado
E agora mais uma vezEstou nascendo,Acredito que o destinoOu talvez um ser divino
Acabe por decidir,Que chegou enfim a nossa horaE que é nessa vidaQue começa agoraQue nós vamos nos amar.